Dossiê Lindberg

caiado-detona-lindinho

Mitou na Internet a resposta que o Senador Ronaldo Caiado deu às agressões do petista,ex-cara-pintada e atual cara-de-pau Lindbergh Farias.

Em resposta, o petista prometeu processar o Senador Caiado, o que achei muita ousadia porque na minha cabeça o petista deve ter muitos motivos mais para fugir de um processo do que o Senador Caiado.

Não encontrei em lugar nenhum que acusações poderiam valer contra Lindbergh até que hoje li a matéria reproduzida a seguir no jornal eletrônico “Alerta Total”. Desfrutem.

Ronaldo Caiado detonou o lindinho senador Lindbergh Farias:

“Como é o estilo dos petistas, Lindbergh projeta nos outros os crimes que comete. Eu sou ficha limpa, não tenho processos no STF, não estou na Lava Jato, não cometi qualquer crime e posso andar de cabeça erguida. Já Lindbergh… Confira a ficha corrida:

– Acusado de montar esquema de captação de propina na Prefeitura de Nova Iguaçu entre 2005 e 2010;

– Acusado de montar fraude em licitação de gás de cozinha para preparar MERENDA ESCOLAR;

– Investigado por transações suspeitas entre prefeitura e o Instituto de APOSENTADORIA dos Servidores Municipais (Previni) em valores que chegam a R$ 300 milhões;

– Acusado de achacar BNDES para financiamento de hotel de R$ 10 milhões em Natal pertencente a seu irmão;

– Nomeou PAULO ROBERTO COSTA arrecadador de recursos de empreiteiras para financiar campanha de 2014;

– Recebeu R$ 2 milhões de dinheiro do Petrolão na campanha de 2010 intermediado por Alberto Youssef;

– Aparece em documento apreendido na Lava Jato sob alcunha de “Lindinho” e a quantia de R$ 200 mil;

– Responde a 15 inquéritos e uma ação penal no STF (recordista no Senado). Acusado de crimes de responsabilidade, contra o sistema financeiro, quadrilha e corrupção.

Segue lista abaixo:

Ação penal 679 – Recusa, retardamento ou omissão de dados técnicos indispensáveis à propositura de Ação Civil Pública
(Data de autuação: 12/04/2012)

Inquérito 3079 – Crimes da Lei de Licitações
(Data de autuação: 08/02/2011)

Inquérito 3121 – Crimes contra a ordem tributária
(Data de autuação: 17/03/2011)

Inquérito 3124 – Crimes da Lei de Licitações
(Data de autuação: 18/03/2011)

Inquérito 3135 – Crimes de responsabilidade/crimes da Lei de Licitações/emprego irregular de verbas ou rendas públicas
(Data de autuação: 24/03/2011)

Inquérito 3163 – Improbidade administrativa
(Data de autuação: 18/04/2011)

Inquérito 3223 – Crimes da Lei de licitações
(Data de autuação: 08/06/2011)

Inquérito 3334 – Crimes de responsabilidade/crimes da Lei de Licitações
(Data de autuação: 21/10/2011)

Inquérito 3371 – Crimes da Lei de Licitações
(Data de autuação: 22/11/2011)

Inquérito 3375 – Crimes da Lei de licitações
(Data de autuação: 01/12/2011)

Inquérito 3497 – Crimes da Lei de licitações
(Data de autuação: 04/06/2012)

Inquérito 3511 – Peculato/Crimes da Lei de Licitações
(Data de autuação: 04/07/2012)

Inquérito 3595 – Crimes contra o sistema financeiro nacional/emprego irregular de verbas ou rendas públicas/quadrilha ou bando
(Data de autuação: 25/01/2013)

Inquérito 3607 – Crimes contra as finanças públicas crimes da Lei de Licitações
(Data de autuação: 13/02/2013)

Inquérito 3616 – Crimes da Lei de Licitações/corrupção passiva
(Data de autuação: 13/02/2013)

Inquérito 3618 – Corrupção passiva /competência
(Data de autuação: 15/02/2013)”

Origem: Alerta Total
Título: Dilma pode revogar a Lei da Gravidade – Chutou bonito
Disponível em: http://www.alertatotal.net/2016/08/dilma-pode-revogar-lei-da-gravidade.html
Acesso em: 30 Ago 2016

Escola Sem Partido – Marcel Van Hatten X Juliano Roso

https://www.facebook.com/zerohora/videos/10150773171454956/

Fonte: página da Zero Hora no Facebook
Disponível em: https://www.facebook.com/zerohora/videos/10150773171454956/
Publicado em: 17 Ago 2016
Acesso em: 21 Ago 2016

A maneira como os comunistas atacam o Escola Sem Partido já deve ter deixado bem claro para a sociedade brasileira como é urgente que se feche esta porta de entrada de doutrinadores decididos a transformar nossos filhos indefesos em militantes fanáticos da causa comunista. Leia a extensa explanação do deputado Van Hatten e veja o vídeo, depois tire suas conclusões.

Está em meus planos fazer no futuro uma transcrição comentada do debate para ressaltar a parcialidade do jornal gaúcho Zero Hora, parcialmente comentada por Van Hatten, os maneirismos e “armadilhas” do deputado comunista e os bons argumentos do deputado Van Hatten em defesa do projeto “Escola Sem Partido”, que trata de um assunto é uma grande preocupação de pais e mães sinceros, que temem a fanatização esquerdista implantada nas frágeis e indefesas mentes de seus filhos por professores doutrinadores.

DEPUTADO COMUNISTA SE DESESPERA E ME ATACA COVARDEMENTE AO VIVO NA ZERO HORA

Assista ao debate que tive hoje com o deputado comunista Juliano Roso em Zero Hora e veja o nível de desespero dele. Quando já não tinha argumento nenhum para rebater o Escola Sem Partido pois eu estava desconstruindo UMA A UMA as suas falácias, o deputado – que também é professor de história e contra quem estão proliferando nas redes acusações de ex-alunos seus de doutrinação que ele supostamente costumava fazer em sala de aula – partiu covardemente para o ataque pessoal contra mim. Veja a partir de 13 minutos e 10 segundos como atua sordidamente um comunista para tentar assassinar a reputação do seu oponente.

Depois de responder longamente ao ataque vil, colocando todos os pingos nos is, retirei-me pois não havia mais o que debater com um deputado comunista que havia fugido completamente do tema em debate. Não iria me rebaixar ao nível dele, obrigando-me a rastejar no esgoto em que Juliano Roso costuma habitar. Aliás, se ele fez isso covardemente comigo, que sou um colega deputado, o que será que costuma fazer com seus estudantes?

Agravante para que eu tomasse a decisão de deixá-lo sozinho foi a forma como o debate foi conduzido, pois a última palavra sempre ficava com o comunista e, pior de tudo, o mediador, jornalista Eduardo Rosa tem lado definido – e bem definido – a favor do comunista neste tema. Além de não ter conseguido contornar a situação com pulso firme, o jornalista tem, publicamente, manifestado-se contrariamente ao Escola Sem Partido em seu perfil no Facebook (https://www.facebook.com/eduardogomesrosa?fref=ts).

Claro que, pessoalmente, o jornalista pode dizer que é contra o projeto. Mas ser escalado para mediar o debate em Zero Hora acabou fazendo com que recaísse sobre si a dúvida sobre a isenção que seria necessária a um mediador em um momento tão crítico. O mínimo que se espera de um mediador sério e preparado é que ele diga que o debate NÃO VERSA sobre um determinado assunto alheio trazido covardemente à mesa por um dos debatedores. E o mínimo que eu esperaria de Zero Hora era um telefonema, de quem quer que fosse, lamentando o episódio depois de ocorrido. Até agora, porém, nada vindo de ZH.

Compartilho o link da própria Zero Hora para que vocês, depois de assistirem, possam também deixar seus comentários no post do jornal sobre esse lamentável episódio. Eu sigo na minha trincheira, pela democracia, pela liberdade e contra a doutrinação e lavagem cerebral político-partidária dentro de sala de aula. E a favor de uma política limpa e séria, com debates em alto nível – não com baixarias como as protagonizadas pelo comunista Juliano Roso.

Fonte: Página do Facebook de Marcel Van Hattem
Título: Deputado comunista se desespera e me ataca covardemente ao vivo na Zero Hora
Autor: Marcel Van Hatten
Disponível em: https://www.facebook.com/marcel11022/posts/1166152510073323
Acesso: 17/Ago 2016


https://www.facebook.com/zerohora/videos/10150773171454956/

Zero Hora fez uma transmissão ao vivo.

Escola sem partido x Escola sem mordaça: deputados Marcel van Hattem e Juliano Roso falam sobre projetos que colocam o papel do professor em debate: http://ow.ly/1SeF303jWAV
Entrevistas:
– “Não pode o professor querer competir com os pais”, defende Marcel van Hattem http://ow.ly/vlUl303jXzP

– “A escola tem de ser um ambiente aberto ao debate”, afirma Juliano Roso, autor do Escola sem Mordaça http://ow.ly/mdYj303jY2Q


Em nome da Liberdade!

Disponível em: http://reaconaria.org/colunas/thiagocortes/fascistas-contra-bolsonaro/
Acesso: 08 Jul 2016

Algumas das razões porque estou indicando esta matéria:
• Porque os ataques aos que foram às ruas defender Bolsonaro, ao próprio Deputado e as tentativas de calá-lo são, na verdade, “fascismo de esquerda”;

• Porque é no mínimo hipócrita um alegado “democrata” e “isentão” apoiar (e se vangloriar) com os processos que o STF e a comissão de ética movem contra o deputado Jair Bolsonaro em nome de um conceito capenga de “liberdade de expressão limitada” tão crível quanto “meia gravidez” e “democracia relativa”;

• Porque a agressão e mais esta tentativa de exclusão de Bolsonaro de um futuro processo eleitoral não é sinônimo da “estabilidade” e funcionamento de nossas instituições mas, pelo contrário, mais uma evidência que vivemos numa ditadura judicial.