Depois de um longo e tenebroso inverno …

A quem me visita!

Estou reiniciando minhas postagens neste blog.

Há anos estou pagando sua hospedagem sem, contudo usá-lo.

Os motivos principais foram meu desânimo e pânico ao ver o Brasil caminhando quase que inexoravelmente para uma ditadura comunista.

Mesmo com um número reduzidissimo de seguidores, preferi militar contra o comunismo no Tweeter e no Facebook.

Com a vitória da direita nas últimas eleições de outubro, acho que posso relaxar um pouco a militância nas redes sociais e voltar a escrever aqui. Os posts aqui tomam muito mais do meu tempo do que um comentário no Facebook ou no Tweeter, mas acho que vale a pena continuar a publicar aqui.

Confesso, contudo, que sou um aprendiz. Meio ignorante da teoria e dos conceitos principais envolvidos na luta contra o comunismo, mas fazendo grande esforço para melhorar e reduzir essa ignorância a qual se baseia, principalmente,no conhecimento de algumas das maiores tragédias geradas pelo comunismo.

Reconheço, também, que jamais alcançarei o nível de erudição de algumas pessoas que também militam contra a esquerda nas redes, mas, mesmo assim, acredito que possa acrescentar algo a essa luta, que é muito mais do que uma luta “apenas” pela escolha de um lado político, mas uma luta pela própria sobrevivência minha e de minha família.

Uma última observação sobre o que orientará, daqui por diante, a publicação neste blog.

Este é um blog que se dedicará a denunciar os crimes comunistas em todo o mundo. Para isso lançará mão de informações publicadas em livros e em outras páginas da Internet. Seu foco será despertar nas consciências de quem o seguir, sobre o TERROR que é viver sob uma ditadura comunista como se esforçam por implantar aqui no Brasil os principais partidos da extrema-esquerda (PT, PSOL, PCdoB, PDT, PSTU, PCO etc) e mesmo os ditos “moderados” PSDB, DEM e outros “isentos”. Enfim todos os partidos de esquerda (hoje 99% dos partidos brasileiros).

Em nome da Liberdade!

Disponível em: http://reaconaria.org/colunas/thiagocortes/fascistas-contra-bolsonaro/
Acesso: 08 Jul 2016

Algumas das razões porque estou indicando esta matéria:
• Porque os ataques aos que foram às ruas defender Bolsonaro, ao próprio Deputado e as tentativas de calá-lo são, na verdade, “fascismo de esquerda”;

• Porque é no mínimo hipócrita um alegado “democrata” e “isentão” apoiar (e se vangloriar) com os processos que o STF e a comissão de ética movem contra o deputado Jair Bolsonaro em nome de um conceito capenga de “liberdade de expressão limitada” tão crível quanto “meia gravidez” e “democracia relativa”;

• Porque a agressão e mais esta tentativa de exclusão de Bolsonaro de um futuro processo eleitoral não é sinônimo da “estabilidade” e funcionamento de nossas instituições mas, pelo contrário, mais uma evidência que vivemos numa ditadura judicial.

Dormindo com o inimigo

dormindo com o inimigoÉ incrível a burrice dos conservadores . . . e não estou falando dos brasileiros, que resolveram ficar se mordendo por aqui, mas dos americanos. Segundo Roberto Pompeu de Toledo, em matéria publicada na Veja desta semana, o jornalista conservador, David Brooks, do New York Times, um dos jornais mais esquerdistas do EUA, escreveu matéria declinando 5 “virtudes” do Obama.

As “virtudes” de Obama segundo o republicano Brooks:

  1. Integridade: comanda um governo livre de escândalos (nada a dizer sobre os documentos falsos apresentados por Obama)
  2. Senso de humanidade: Porque enquanto Trump diz “despropósitos contra os muçulmanos”, Barack Hussein foi a uma mesquita, confratenizar com eles.
  3. Clareza no processo decisório.(?!)
  4. Elegância quando sob pressão (??!!)
  5. Otimismo. Sua postura seria um antídoto contra a “pornografia do pessimismo” exalada pelos candidatos (inclusive os Republicanos) na atual campanha.

Se o Republicano Sr. Brooks foi sincero nos elogios que fez ao atual presidente Democrata, mostrou ser o melhor cabo eleitoral que os Democratas poderiam ter. Gostaria de saber quantas “virtudes” o Obama ou qualquer jornalista da esquerda vê nos candidatos republicanos.

O próprio Roberto Pompeu, mostrando a que veio, termina sua matéria na revista escrevendo:

“O reconhecimento de um adversário como Brooks é a maior das homenagens a Obama. A nós brasileiros, um presidente que merece tal honraria dá muita inveja. Resta, se serve de consolo, que nossa inveja pode virar vingança, se por lá eles elegerem Trump”.

TOLEDO, Roberto Pompeu de. Inveja de Obama. Revista Veja. São Paulo. Edição 2465, ano 49, n° 7. 17 fev 2016.

Quer dizer, enquanto no Brasil, como de hábito, os jornalistas brasileiros estão empenhados em manchar a reputação de qualquer candidato Republicano às próximas eleições americanas, na América, os conselhos de Ben Shapiro no vídeo a seguir, tão antigo quanto de 2013, não valeram muito para ajudar os velhos conservadores americanos, supondo-se que David Brooks ainda seja mesmo um deles, a ter uma postura de combate na Guerra Política que no mundo inteiro se trava entre o conservadorismo e o socialismo.

Orígem: Vlog dos Tradutores da Direita
Disponível em: https://youtu.be/fkSy7IqrPxk
Acesso em:14 Fev 2016